A FOLHA DO LITORAL

Ex-vereador Wanderley Maduro é baleado no rosto em tentativa de assalto


HomePage

Dupla invadiu residência onde o político estava com outros seis familiares; um dos bandidos morreu

 

O ex-vereador Wanderley Maduro (PPS) foi baleado na noite desta quinta-feira (20), após assaltantes terem invadido uma residência no bairro Jardim Guaiúba, em Guarujá, onde a vítima estava com outros seis familiares.

Inicialmente, a Reportagem apurou que o disparo havia atingido o ex-vereador no pescoço. Porém, conforme informações da assessoria de imprensa do Hospital Santo Amaro, o ex-vereador foi baleado na altura do rosto, na região entre a cervical e o maxilar.

Segundo informações da Polícia Militar, dois indivíduos armados invadiram a residência por volta das 22 horas. No imóvel, além do ex-vereador estavam seu genro, que é policial militar, e outros cinco familiares. Rendidos, eles foram orientados pelos criminosos a deitar no chão e, na sequência, adentrarem em um dos quartos da casa.

Wanderley não atendeu a ordem dos bandidos e se dirigiu a um outro cômodo, onde empunhou um revólver que estava no local. Ao perceber que o ex-vereador estava armado, os criminosos dispararam em sua direção por pelo menos quatro vezes. Neste instante, seu genro, que também estava armado, revidou.
Um dos criminosos, identificado como Bruno de Oliveira, foi atingido na região do tórax e na perna esquerda. Ele tentou fugir do local, mas acabou não resistindo aos ferimentos e morreu. O outro acusado fugiu em um Corsa Wind, cor prata, que o aguardava, com um ocupante, do lado de fora da residência.

Wanderley, que está fora de perigo, foi socorrido e encaminhado para o Hospital Santo Amaro, onde passou por exames e segue internado.

Seu quadro, de acordo com a assessoria de imprensa da unidade hospitalar, é considerado estável. Porém, em razão do tiro ter sido em uma região delicada, o ex-vereador permanece em observação para que não haja complicação em seu quadro.

A tentativa de assalto na noite desta quinta-feira (20) é o segundo crime registrado no Jardim Guaiúba, em menos de uma semana. Na última terça-feira (18), um médico de 60 anos teve a sua casa assaltada por volta das 6h30. Cinco homens renderam a vítima e o seu filho, roubando um carro e vários objetos. Na ocasião, ninguém foi preso.

Histórico
Wanderley Maduro, de 65 anos,  foi candidato a vereador na eleição de 2016. Ele não foi eleito, mas com 1.721 votos garantiu uma vaga como 1º suplente na Câmara Municipal.

Maduro começou sua carreira política em 1988, quando foi eleito pela primeira vez para a Câmara Municipal de Guarujá, com 819 votos, pelo PTB.

Em 1992, foi reeleito com 1.152 votos, também pelo PTB e em 1996, com 1.402 votos, pelo PTN. Em 1998, concorreu à Assembleia Legislativa pelo PTN, obtendo 14.600 votos. No ano de 2000, foi eleito vereador pela quarta vez com 2.520 votos, pelo PTN.

Em 16 anos de representação legislativa, Maduro atuou como presidente da Câmara em três mandatos.



                       

Comente a Notícia!

Seu nome:

Seu e-mail: (não divulgaremos o seu e-mail)

Seu comentário:


Comentários


Ainda não existem comentários para esta notícia.