A FOLHA DO LITORAL

Cetesb multa a Transpetro em R$ 600 mil por vazamento no rio Cubatão


HomePage

A Companhia Ambiental do Estado de São Paulo (Cetesb) aplicou, nesta quarta-feira (30), uma  multa de R$ 600 mil a Petrobras Transporte S/A – Transpetro pelo vazamento de petróleo no rio Cubatão, em Cubatão, no dia 22 de março. O acidente provocou a paralisação da Estação de Tratamento de Água da Sabesp, que é responsável pela distribuição de água em pelo menos metade da Baixada Santista.

Segundo a Secretaria de Meio Ambiente, além de prejudicar o abastecimento de água para os municípios houve ainda a emissão de substância odorífera na atmosfera, principalmente no bairro Jardim Costa e Silva, provocando incômodos ao bem estar público.

Ainda de acordo com a secretaria, empresa deverá ainda, de imediato, cumprir as seguintes exigências:

1) adotar medidas adequadas na operação de rescaldo, para que não haja poluição hídrica e atmosférica no trecho afetado;

2) manter barreira absorvente próxima da captação de água da Sabesp, pelos próximos 15 dias, bem como a realização de monitoramento da água bruta captada, para os parâmetros óleo/graxas, fenol e BTEX, nos primeiros sete dias;

3) todos os resíduos líquidos e sólidos gerados na ação de rescaldo deverão ter destino adequado, com a prévia aprovação da Cetesb , ou obtenção de CADRIs – Certificado de Movimentação de Resíduos de Interesse Ambiental;

4) deverão ser implantados dispositivos de drenagem de águas pluviais nas caixas de válvulas existentes, de forma a garantir o adequado escoamento da mesmas, de acordo com projeto a ser aprovado pela Cetesb, cujo direcionamento das águas oleosas deverá esar segregado e interligado ao separador água/óleo;

5) realizar no prazo de 15 dias, o fechamento da cava ao lado da caixa de concreto de válvulas, e promover o  destino final adequado  de solo contaminado,

6) incluir nos estudos em curso de investigação de solo e águas subterrâneas, novos poços de monitoramento, contemplando a área interna atingida pelo vazamento, cujos resultados deverão ser apresentados em julho de 2016, aproveitando a campanha de monitoramento, a ser realizada no mês de abril de 2016.

A Prefeitura de Cubatão já tinha autuado a empresa Transpetro na última segunda-feira (28). A administração municipal, porém, não divulgou o valor da multa que será aplicada à empresa.

 

No dia seguinte ao acidente, a Transpetro informou que detectou o vazamento de óleo em uma linha interna do Terminal Terrestre de Cubatão (SP). Imediatamente, as ações de contingência foram adotadas e o vazamento foi interrompido. O incidente foi identificado por volta das 19h. As equipes de emergência da Transpetro foram acionadas e instalaram barreiras, contendo imediatamente o produto que chegou ao rio.  As causas do incidente estão sendo apuradas e as autoridades competentes foram informadas.



     

Comente a Notícia!

Seu nome:

Seu e-mail: (não divulgaremos o seu e-mail)

Seu comentário:


Comentários


Ainda não existem comentários para esta notícia.