A FOLHA DO LITORAL

Ministério Público de SP pede prisão de Lula em caso de tríplex no Guarujá


HomePage

O Ministério Público de São Paulo apresentou ontem à Justiça a denúncia contra o ex-presidente Lula no caso do tríplex do Guarujá (SP).

O petista é acusado de ocultamento de patrimônio, uma modalidade do crime de lavagem de dinheiro, e falsidade ideológica, segundo a reportagem apurou.

Também foram denunciados Maria Letícia, mulher de Lula, e um dos filhos do casal, Fábio Luis Lula da Silva.

A mulher e o filho são acusados de lavagem de dinheiro.

Advogado de Lula

O advogado do ex-presidente Lula, Cristiano Zanin Martins, disse à reportagem que desconhece o conteúdo da denúncia, mas criticou os promotores da apuração.

"Essa ação só confirma a parcialidade com que o assunto está sendo conduzido. Essa denúncia foi anunciada no dia 22 janeiro para a revista 'Veja', antes de ele [promotor Cássio Conserino] concluir as investigações. O Conselho Nacional do Ministério Público já disse que ele não é o promotor natural do caso e isso será levado a Justiça."

O Conselho Nacional do Ministério Público foi acionado pelo deputado federal Paulo Teixeira (PT-SP), para afastar Conserino da investigação, mas o órgão manteve o promotor no caso.

O advogado de Lula afirma ainda que a apresentação da denúncia "confirma o conflito de atribuições entre Ministério Público Estadual de São Paulo e o Ministério Público Federal de Curitiba".

Lula nega ser dono do tríplex no condomínio Solaris, no Guarujá.

Segundo o Instituto Lula, ele e sua mulher, Marisa Letícia, compraram uma cota no condomínio pela Bancoop, mas acabaram desistindo de ficar com o apartamento.

 



     

Comente a Notícia!

Seu nome:

Seu e-mail: (não divulgaremos o seu e-mail)

Seu comentário:


Comentários


Ainda não existem comentários para esta notícia.